Como criar um artigo de sucesso

Uma das formas de obter mais tráfego, é a criação de artigos com conteúdo único e inovador. Um bom artigo é sempre visto com bons olhos por parte de todos os leitores, e pode trazer-lhe muitas visitas vindo de redes sociais. Depois de obter a inspiração necessária é necessário criar um artigo bem estruturado, com uma boa ordem de ideias. Neste artigo irei tentar dar-lhe umas dicas sobre como escrever o seu próximo artigo de sucesso.

Escreva correctamente

Talvez a melhor dica que vos possa dar, é escrever (no caso de ser português ou brasileiro) português correctamente, sem recorrer a abreviaturas ou linguagem “chat”. Isto só prejudica o modo de como o leitor olha para a sua forma de escrita. Quanto melhor, mais gosto terá o seu leitor em ler os seus artigos.

Escreva uma lista de ideias

Antes de começar a redigir o artigo propriamente dito, o melhor que tem a fazer é criar um rascunho com os assuntos que tem a abordar. Faça através de uma lista ordenada, onde colocará os assuntos a tratar por ordem. À medida que vai escrevendo, vá lendo a lista, para ter a certeza que não se esqueceu de nenhum ponto importante.

Escreva uma introdução

Em quase todos (se não mesmo todos) os artigos que escrevo começo por fazer uma introdução onde desenvolvo a ideia contida no título. Tento escrever no máximo 10 linhas, pois a introdução deve ser: curta e concisa. Quando acha que a introdução está demasiado longa, não tenha “medo” de cortar algumas frases, na introdução trate apenas do essencial.

Evite fugir ao tema

Ao longo do artigo poderão existir alturas em que ao escrever lhe dê uma grande vontade de divagar e abranger muitos temas. Deixe isso para outros artigos! Quando um leitor vai à procura, por exemplo, de como Newton descobriu a lei da gravidade, não gosta de ler quando é que Cavaco Silva foi nomeado presidente da républica (aqui está um exemplo de como fugir ao tema).

Evite uma linguagem muito técnica

Ao escrever no seu blog, o objectivo (pelo menos o meu) é criar uma audiência que possa ser considerada fiel e “convidar” outros leitores a juntarem-se à comunidade. Se utilizar uma linguagem muito técnica que os visitantes poderão não compreender, isso fará com que eles fechem a página sem pensar duas vezes. Tente escrever para todos e cada vez que escrever uma palavra mais técnica utilize parênteses “()” para indicar o seu significado. Assim não confunde nenhum leitor e todos perceberão o que foi escrito.

Não comece as suas questões na negativa

À medida que vai escrevendo, muitas vezes vê-se na necessidade de escrever perguntas rétoricas aos seus leitores. Mas se começar essas perguntas na negativa, já está a induzir uma resposta ao seu leitor que confirme a sua pergunta, mesmo que esteja errada. Por exemplo, na pergunta: “Não acha que ganhar dinheiro na internet é difícil?”, o leitor menos experiente nesta matéria dirá logo “Sim, acho”, apenas porque ao escrever uma resposta negativa está a exigir uma resposta que confirme a sua questão. Se escrever antes: “Será ganhar dinheiro na internet difícil?”, aí os leitores poderão já desenvolver uma opinião própria.

Destaque as frases mais importantes

Além de dar um aspecto mais profissional ao artigo, sublinhar ou colocar em bold uma parte importante do artigo, poderá fazer com que o leitor se concentre mais na sua leitura. Se for um leitor que leia apenas os artigos na “diagonal” então assim está a assegurar-se que as partes destacadas (as mais importantes) são lidas. Se for um leitor que leia todo o artigo está a assegurar-se que as partes mais importantes são mais bem fixadas.

A importância dos títulos

Embora seja um assunto que queira abordar num futuro artigo, os títulos constituem uma das mais importantes partes do artigo. Se for atractivo traduz-se em mais leitores, se for banal traduz-se em apenas “mais um artigo”. Um título convém ser: atractivo e curto, salvo determinadas excepções. O título poderá trazer-lhe também muitas visitas vindas dos motores de busca.

Termine com uma conclusão

Quando termina o seu artigo convém resumir tudo aquilo que acabou de escrever ou aquilo que quis demonstrar. A melhor maneira é escrever um pequeno parágrafo (uma conclusão deverá ter no máximo três paragrafos) onde dá toda a informação essencial e nada mais do que isso. Também é bom terminar com uma pergunta ao leitor para desenvolver uma discussão e incentivar os comentários. Não se esqueça que receber muitos comentários pode ser um apreço do seu trabalho (não considerando os comentários de SPAM).

Mostre-se prestável ao leitor

No meio do seu texto vá lembrando o leitor que poderá utilizar o formulário de contacto (caso tenha um) ou o sistema de comentários para expor as suas dúvidas. Isso fará com que o leitor se sinta tentado a colocar uma dúvida que irá inspirá-lo para um próximo artigo ou irá demonstrar que o seu trabalho está a dar frutos!

Dou, assim, por terminada esta lista que o poderá ajudar a escrever o seu próximo artigo de sucesso – esse artigo vai resultar em: mais leitores, mais visitas e uma audiência mais definida! Caso tenha algumas dúvidas ou achar que falta tratar de algo no blog, utilize o sistema de comentários ou o formulário de contacto.

Comments 11

  1. Paulo Roberto disse:

    Muito bom este artigo. A qualidade dos artigos começa a subir. Parabéns.

  2. Diogo Pinto disse:

    Caro Paulo,

    Muito obrigado pelo comentário e pela força! É muito importante para mim saber que alguém reconhece o meu trabalho! Espero manter a qualidade dos artigos, para que mantenha todos os leitores interessados!

    Um abraço e continuação desses artigos, quero ver isso! 😉

  3. Celso Azevedo disse:

    Bom Post!
    Como o sr Paulo Roberto disse, a qualidade dos posts está a subir…
    Devias de programar posts para que fossem publicados todos os dias a mesma hora…

  4. Diogo Pinto disse:

    Caro Celso,

    Muito obrigado pelo comentário. Já pensei nisso, mas decidi antes ir colocando os posts à medida que os vou escrevendo. Não quero criar uma rotina de artigos no blog, se é que me faço entender 😉

    Um abraço e bons artigos!

  5. Nuno disse:

    Dizes que não consideras os comentários spam, pois fica sabendo que até quem pague por comentários, neste caso eu.

    Os comentários são o combustivel de um blog.

  6. Diogo Pinto disse:

    Caro Nuno,

    Com comentários SPAM, refiro-me a comentários do tipo: “ok” ou algo do género. Pagar por comentários é uma técnica legítima, e há quem o faça regularmente!

    Cumprimentos

  7. Nuno disse:

    Boas,podes dizer-me quais os blogs que pagam por comentários, pensava que estava a ser original e pelos vistos não.

  8. Diogo Pinto disse:

    Caro Nuno,

    Basta ir ao digital point e ter alguns conhecimentos de inglês. Os interessados não irão ser poucos, tenho quase a certeza!

    Cumprimentos

  9. Netinho Mello disse:

    Cara muito bom!
    Adorei me ajudou bastante. Valeu pelas dicas!
    Obrigado.

  10. Precisamos gerar mais conteúdo de qualidade na web.

    Alex

Comments are closed.